Quito - Um microfone escondido foi encontrado na embaixada do Equador em Londres, onde o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, está sendo abrigado, disse o ministro de Relações Exteriores do Equador, Ricardo Patiño.

O ministro afirmou que a origem da "escuta" será revelada na quarta-feira e explicações do país envolvido serão exigidas. Ele não entrou em detalhes.

O microfone foi encontrado em uma operação de rotina antes de sua visita a Londres em 16 de junho, disse a repórteres. A escuta estava no escritório da embaixadora, Ana Alban.

Patiño disse que não estava insinuando que a escuta estava ligada a série de acontecimentos envolvendo Edward Snowden, que pediu asilo no Equador.

Snowden é procurado pelos Estados Unidos sob a acusação de espionagem por revelar informações sobre um programa de vigilância dos EUA. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tópicos: Equador, América Latina, Espionagem, Julian Assange, WikiLeaks, Personalidades, Europa, Reino Unido, Londres, Metrópoles globais