Joaquín "El Chapo" Guzmán, o traficante mexicano recapturado na sexta-feira em Sinaloa (nordeste), enfrentará um processo de extradição para os Estados Unidos, onde é acusado por narcotráfico em seis estados, informou neste sábado o Ministério Público em comunicado.

"Com a recaptura de Guzmán Loera, deverão ter início os respectivos procedimentos de extradição", em uma data não definida e que inclui as apelações que possam ser feitas pela defesa de "El Chapo", em cerca de uma semana, afirmou o Ministério Público.

Tópicos: Crime, México, América Latina, Tráfico de drogas