Sana - Pelo menos 17 combatentes da milícia Resistência Sulina e civis morreram nesta sexta-feira em dois ataques suicidas contra um quartel e um posto de controle na cidade de Áden, no sul do Iêmen, informaram à Agência Efe testemunhas e fontes médicas.

Um suicida que conduzia um carro-bomba detonou o veículo no quartel das forças dos Emirados Árabes Unidos, integrantes da coalizão árabe que respalda o presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi.

Este quartel se encontra na região de Bazara, no bairro periférico de Al Briqa, onde também aconteceu o segundo atentado suicida com uma ambulância-bomba contra um posto de controle. 

Tópicos: Terrorismo, Ataques terroristas, Emirados Árabes, Iêmen