Equipes de resgate procuram por 11 pessoas desaparecidas no desabamento de um edifício de 22 andares na cidade colombiana de Medellín ocorrido na noite de ontem. Não há mortes confirmadas, mas pelo menos duas pessoas ficaram feridas.

O diretor interino da defesa civil de Medellín, Jaime Enrique Gómez, disse que dezenas de vidas foram salvas porque a maior parte dos apartamentos foi esvaziada após o aparecimento de rachaduras na estrutura do prédio, erguido em um bairro de alto padrão na segunda maior cidade da Colômbia.

Aparentemente, todos os feridos e desaparecidos eram operários que trabalhavam nos reparos à estrutura depois do aparecimento das fendas.

Cerca de 150 pessoas participavam das operações de resgate neste domingo. "Não podemos perder a esperança de encontrá-los vivos", declarou Gómez.

Depois do desabamento, outros cinco edifícios construídos como parte do mesmo empreendimento foram esvaziados, informou ele. Fonte: Associated Press.

Tópicos: Colômbia, América Latina, Desabamentos, Prédios residenciais, Imóveis