Aguarde...

Malásia | 18/03/2014 09:54

Busca do avião malaio cobre 2,2 milhões de milhas náuticas

Autoridades disseram que as operações de busca do avião malaio desaparecido com 239 pessoas a bordo cobrem uma área de 2,2 milhões de milhas náuticas quadradas

Royal Australian Air Force/Handout via Reuters

Membro da Força Aérea da Austrália durante busca de avião da Malaysia Airlines desaparecido

Membro da Força Aérea da Austrália durante busca de avião desaparecido: Malásia colocou a busca da aeronave como prioridade da segurança nacional

Kuala Lumpur - As autoridades da Malásia disseram nesta terça-feira que as operações de busca do avião malaio desaparecido com 239 pessoas a bordo cobrem uma área de 2,2 milhões de milhas náuticas quadradas na Ásia e no Oceano Índico, e que o país colocou a busca da aeronave como prioridade da segurança nacional.

O ministro malaio de Defesa e titular interino de Transportes, Hishamudin Hussein, manifestou em entrevista coletiva em Sepang que o objetivo agora é reduzir a área de busca do Boeing 777-200 que desapareceu no dia 8 de março.

Hishamudin explicou que pediu aos 25 países que participam da operação de busca reavaliar os dados dos radares e os satélites para poder concentrar os esforços em uma área menos dispersa.

O responsável de Defesa malaio indicou também que seu país pôs na frente da segurança nacional a busca do avião comercial.

"Pusemos os interesses dos passageiros e o avião à frente da segurança nacional", disse Hishamudin ao descartar as críticas que acusam a Malásia de ocultar dados.

O ministro insistiu que compartilharam toda a informação com a investigação internacional que tenta localizar o aparelho e esclarecer que passou com ele, se foi um acidente, um sequestro, sabotagem ou outra causa.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados