Bruxelas - A Justiça da Bélgica julgará 16 pessoas, entre elas quatro que já estão presas provisoriamente, pela tentativa de realizar um atentado terrorista na cidade de Verviers, no leste do país, em janeiro do ano passado.

O Câmara do Conselho de Bruxelas anunciou em comunicado que essas pessoas serão julgadas pelo Tribunal Correcional. Já os processos contra Abdelhamid Abaaoud, Khalid ben Larbi e Amgar Sofiane, que já morreram, serão arquivados.

Abaaoud, considerado como o coordenador dos atentados de Paris no ano passado, acabou morto pela polícia da França em Saint-Denis, ao norte da capital francesa, cinco dias depois dos ataques, em uma casa onde estava escondido com dois outros membros do grupo.

A célula de Verviers foi desmantelada em janeiro de 2015, poucos dias depois da onda de ataques em Paris contra a revista "Charlie Hebdo" e um supermercado judeu. 

Tópicos: Terrorismo, Ataques terroristas, Bélgica, Europa, Países ricos, Justiça