Violência

São Paulo - San Pedro Sula, em Honduras, ficou novamente em primeiro lugar no ranking das cidades mais violentas do mundo, elaborado pela instituição mexicana Conselho Cidadão Para a Segurança Pública e Justiça Penal.

Na pesquisa divulgada no ano passado, com dados de 2011, a cidade passou Juárez, no México, que ficou anos no topo da lista. Com a revisão deste ano, que considerou dados de 2012, a cidade manteve o posto.

Os cálculos são feitos por um taxa de número de homicídios a cada 100 mil habitantes em cidades que não vivem situação de guerra ou conflitos. Assim, é possível determinar os efeitos da violência urbana. Em alguns casos, a instituição considera toda a região metropolitana, e não apenas a cidade principal.

A instituição ressaltou que neste ano teve muita dificuldade em obter dados de homicídios em Honduras. Por isso, para as cidades de San Pedro Sula e Distrito Central, preferiu usar os dados de 2011, considerando que se as cidades houvessem registrado uma diminuição no número de homicídios, os dados não teriam sido omitidos pela administração pública.

No ranking, também há representantes nacionais. Maceió é o primeiro nome brasileiro a aparecer no ranking, na sexta posição.

Confira as 30 cidades mais violentas do mundo em 2012, segundo o Conselho Cidadão Para a Segurança Pública e Justiça Penal.

Tópicos: Honduras, Listas, Rankings, Segurança, Violência urbana