São Paulo – Uma pesquisa informal, mas curiosa, foi feita pelos jornalistas da revista norte-americana Reader’s Digest, partindo de uma pergunta que muitos devem fazer: se você perder sua carteira, quais as chances de ela ser devolvida com os pertences dentro? Para responder a essa questão, os jornalistas fizeram exatamente isso, perderam as carteiras.

Dezesseis cidades do globo, inclusive uma brasileira, o Rio de Janeiro, fizeram parte desse experimento. Em cada uma delas, doze carteiras foram “perdidas”. Elas continham um cartão com nome e celular do dono, uma foto familiar, cupons e cartões de trabalho, além do equivalente, em cada país, a cinquenta dólares.

No ranking organizado ao final do experimento, o Rio de Janeiro ficou em 11º lugar, empatado com Bucareste, na Romênia e Zurique, na Suíça. Nessas cidades, quatro das doze carteiras retornaram aos donos. A cidade mais “honesta”? Helsinki, na Finlândia, onde apenas uma carteira ficou órfã de dono.

Se quiser manter seus pertences, de acordo com essa pesquisa, o jeito é ficar longe da Península Ibérica, que tem as cidades menos honestas: Madri, na Espanha, e Lisboa, em Portugal.

Confira o ranking:

Ranking Cidade País Carteiras devolvidas
1 Helsinki Finlândia 11 de doze
2 Mumbai Índia 9 de doze
3 Budapeste Hungria 8 de doze
3 Nova York Estados Unidos 8 de doze
5 Moscou Rússia 7 de doze
5 Amsterdam Holanda 7 de doze
7 Berlim Alemanha 6 de doze
7 Liubliana Eslovênia 6 de doze
9 Londres Inglaterra 5 de doze
9 Varsóvia Polônia 5 de doze
11 Bucareste Romênia 4 de doze
11 Rio de Janeiro Brasil 4 de doze
11 Zurique Suíça 4 de doze
14 Praga República Checa 3 de doze
15 Madri Espanha 2 de doze
16 Lisboa Portugal 1 de doze

Tópicos: Alemanha, Europa, Países ricos, Dados de Brasil, América Latina, Cidades, Eslovênia, Espanha, Piigs, Estados Unidos, Finlândia, Holanda, Hungria, Inglaterra, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia, Rússia, Ásia, Suíça, Índia