Washington - A filial da rede Al-Jazeera nos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira que expandirá sua programação, contratando mais funcionários e incluindo mais programas matinais, em um movimento destinado a aumentar sua audiência no mercado americano.

O canal de notícias, que começou a ser transmitido em agosto, afirmou que abrirá um novo escritório nos Estados Unidos - que se somará aos 12 inaugurados neste ano - e que irá contratar mais funcionários.

O plano inclui "um horário reforçado, um foco adicional no jornalismo de investigação e uma maior distribuição nos Estados Unidos, além de um apoio continuado ao marketing" para os consumidores, afirmou em um comunicado o canal, propriedade de um grupo midiático do Catar.

"Os resultados de nossos dois primeiros meses foram muito promissores", afirmou o chefe-executivo interino do grupo, Ehad al-Shihabi, em um comunicado.

O comunicado acrescentou que a rede de notícias abrirá um número indeterminado de novos escritórios nos próximos seis a 12 meses. Serão feitas novas contratações para pesquisa, web, departamentos de criatividade e negócios ao longo dos Estados Unidos.

A Al-Jazeera America lançará um novo programa de notícias matutino, outro de esportes semanal, um cultural também semanal e uma nova série de documentários.

Além disso, a rede anunciou suas intenções de transferir seu centro de operações e sua sede central a Manhattan nos próximos 18 meses.

O canal de notícias informou na semana passada que havia alcançado um acordo com a Time Warner Cable para permitir que a rede chegue a mais lares nos Estados Unidos.

Tópicos: Estados Unidos, Países ricos, Marketing, TV