Aguarde...

Distúrbios | 03/09/2012 20:44

47 policiais ficam feridos em confrontos em Belfast

Os distúrbios começaram domingo quando uma manifestação organizada por uma banda de música afim do partido Sinn Féin atravessou o bairro protestante de Carlisle Circus

Wikimedia Commons

Prefeitura de Belfast

Prefeitura de Belfast, na Irlanda do Norte: Presos entre as duas linhas de fogo, os agentes da PSNI foram atacados pelas duas facções

Dublin - Quarenta e sete policiais ficaram feridos em Belfast ao enfrentar na noite passada jovens católicos e protestantes em uma área do norte da capital da Irlanda do Norte, confirmou hoje a Polícia norte-irlandesa (PSNI).

Os distúrbios começaram neste domingo quando uma manifestação organizada por uma banda de música afim do partido Sinn Féin, antigo braço político do já inativo Exército Republicano Irlandês (IRA), atravessou o bairro protestante de Carlisle Circus.

Segundo fontes policiais, cerca de 350 unionistas se reuniram nesse local e, após o desfile, jovens de ambos os grupos jogaram pedras, bombas incendiárias e outros objetos um no outro, enquanto as forças de ordem tentavam separá-los.

Presos entre as duas linhas de fogo, os agentes da PSNI foram atacados pelas duas facções.

Quatro agentes foram levados a um hospital próximo, embora só um permaneça hospitalizado, enquanto outros 43 policiais foram atendidos no local.

Em comunicado, o superintendente da PSNI, George Clarke, disse se sentir 'enfurecido e triste' pela violência empregada contra seus homens, aos quais felicitou por 'sua tremenda coragem'.

Em resposta aos ataques, a PSNI utilizou um canhão de água para dispersar os manifestantes e a normalidade retornou à região no começo da madrugada passada, segundo um porta-voz da Polícia.

Aparentemente, a rota desta manifestação republicana tinha sido aprovada pela Comissão de Desfiles, mas a PSNI não tinha recebido notificação alguma sobre a organização de um protesto unionista.

No entanto, a imprensa local informa que a tensão foi crescendo desde que no fim de semana anterior foram registrados confrontos nesta mesma região, após uma manifestação protestante. 

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados