Nicolas Maduro anuncia prisão de corruptos na Venezuela

Presidente venezuelano informou que grupo trocava direito a benefícios oferecidos pelo Estado por dinheiro

Caracas – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, informou neste sábado da detenção de um grupo de pessoas que se passavam por ‘revolucionários’ e se dedicavam a cobrar dos cidadãos que queriam ser beneficiados com as diferentes missões ou programas sociais que o Governo tem.

Maduro divulgou a informação durante um evento no estado de Portuguesa, no oeste do país, transmitido pelo canal estatal ‘VTV’, no qual solicitou aos cidadãos para ‘denunciar os bandidos’ e pediu à Promotoria e aos tribunais ‘o máximo castigo para estes bandidos que enganam o povo’.

Na segunda-feira passada Maduro já tinha anunciado a detenção de cinco funcionários por sua suposta responsabilidade em um ‘desfalque’ de US$ 84 milhões em fundos do Governo e recentemente informou da captura de outros funcionários públicos por corrupção.

O presidente assegurou em seus últimos discursos que vai perseguir a corrupção ‘esteja onde estiver’, advertindo que não existem ‘intocáveis’ nessa luta. EFE