Netanyahu cancela viagem por situação de segurança de Israel

Fontes do escritório de Netanyahu confirmaram que nestas circunstâncias "o primeiro-ministro fica em Israel para acompanhar de perto a situação"

Jerusalém – O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, cancelou nesta quarta-feira a visita que faria amanhã à Alemanha por causa da onda de violência em Israel e na Palestina nas últimas semanas.

Fontes do escritório de Netanyahu confirmaram em uma breve mensagem que nestas circunstâncias “o primeiro-ministro fica em Israel para acompanhar de perto a situação”.

O chefe do Executivo, que se reuniria com a chanceler Angela Merkel em um encontro pelo 50º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas entre os dois países, havia decidido ontem encurtar a visita a Berlim por causa da crise de segurança.

Consultado pela Agência Efe, o gabinete do primeiro-ministro indicou que a reunião entre os dois governos também foi adiada.

Netanyahu viajaria acompanhado de vários ministros que participariam da cúpula.