Naufrágio na RDC deixa 20 mortos e 80 desaparecidos

As autoridades congolesas consideram que a sobrecarga e a excessiva velocidade das embarcações podem ter sido as causas do naufrágio

Kinshasa – Pelo menos 20 pessoas morreram e 80 continuam desaparecidas após o naufrágio de dois barcos em um rio no oeste da República Democrática do Congo (RDC), informaram hoje à Agência Efe as autoridades locais.

O acidente aconteceu na noite de ontem, quando dois barcos afundaram no rio Congo em seu trecho pela província de Mai Ndombe, explicou o governador local, Gentili Ngobila, que confirmou a morte de 20 passageiros.

“Cerca de 80 pessoas permanecem desaparecidas após a tragédia, enquanto que outras 18 foram resgatadas”, acrescentou Ngobila.

Espera-se a chegada de equipes de resgate procedente de Kinshasa para reforçar a busca de vítimas no rio, onde os recursos para fazê-lo são muito limitados.

Ainda que as causas do acidente estejam sendo investigadas, as autoridades congolesas consideram que a sobrecarga e a excessiva velocidade das embarcações podem ter sido as causas do naufrágio.