Naufrágio de barco de imigrantes deixa 10 mortos na Itália

Embarcação da Guarda Costeira italiana, que acabara de resgatar 318 imigrantes, chegou ao local do naufrágio após alerta de um navio-rebocador da Líbia

Roma – Pelo menos 10 pessoas morreram no naufrágio de um barco de imigrantes na costa da ilha italiana da Sicília, informou a Guarda Costeira da Itália.

As forças de segurança conseguiram resgatar 121 pessoas, mas pelo menos 10 morreram, informa um comunicado.

Entre as pessoas resgatadas estão quase 30 crianças e 50 mulheres, uma delas grávida e foi levada para um hospital.

Uma embarcação da Guarda Costeira italiana, que acabara de resgatar 318 imigrantes, chegou ao local do naufrágio depois de receber um alerta de um rebocador de plataformas de petróleo da Líbia.

Com a ajuda da tripulação do rebocador, a Guarda Costeira salvou 121 pessoas e permaneceu em patrulha durante várias horas para tentar encontrar sobreviventes.

Em menos de 24 horas, as forças italianas resgataram 941 imigrantes no canal da Sicília, que separa a ilha italiana da costa do norte da África.

Em janeiro e fevereiro, 7.882 imigrantes desembarcaram nas costas italianas, segundo o ministério do Interior.

O número representa um aumento de 43% na comparação com os dois primeiros meses de 2014.

No ano passado, mais de 165.000 imigrantes desembarcaram nas costas italianas.

De acordo com um censo concluído em fevereiro, mais de 67.000 imigrantes estavam em centros de refugiados na Itália.