“Não se esqueçam de Aleppo”, grita assassino de embaixador russo

Nas imagens de televisão do momento do ataque, é possível ver o agressor, um homem alto, vestido com terno escuro, camisa branca e uma gravata preta

Ancara – O homem que atirou nesta segunda-feira contra Andrey Karlov, o embaixador da Rússia na Turquia, durante a abertura de uma exposição de fotos em Ancara, um ataque que resultou na morte do diplomata, lançou gritos sobre Aleppo e Síria após o ataque, em alusão à intervenção militar russa no país árabe.

Nas imagens de televisão do momento do ataque, que já circulam pelas redes sociais, é possível ver o agressor, um homem alto, vestido com terno escuro, camisa branca e uma gravata preta, que se assemelha a um guarda-costas.

“Não se esqueçam de Aleppo, não se esqueçam da Síria! A menos que nós estejamos todos seguros, vocês também não sentirão segurança. Voltem, voltem! Todos aqueles que compactuarem com esta opressão e tortura pagarão por isso”, exclamou o homem após atirar várias vezes.

“Só a morte me levará daqui”, concluiu o homem em turco, após gritar várias vezes “Alahu Akbar” (Deus é Grande, em árabe), assim como outras frases em árabe, antes de ser abatido.

Veja o vídeo do ataque contra o embaixador. Atenção: as cenas são consideradas fortes.

Veja também