“Não” passou o “sim” no referendo do acordo de paz

Com 90,66% das urnas apuradas, a opção do "não" contabilizava 5.811.512 votos, equivalentes a 50,1%, enquanto o "sim" obtinha 5.786.783, que representam 49,89%

Bogotá – O “não” ao acordo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) aparece com leve vantagem sobre o “sim” no referendo realizado neste domingo no país, segundo resultados oficiais divulgados pelas autoridades eleitorais.

Com 94,63% das urnas apuradas, a opção do “não” contabilizava 6.107.565 votos, equivalentes a 50,16%, enquanto o “sim” obtinha 6.067.957, que representam 49,83%, informou o Registro Nacional do Estado Civil.

Esse último boletim mostra, portanto, uma vantagem de 39.608 votos de vantagem para o “não”.

Para que o plebiscito fosse validado era necessário que a opção do “sim” obtivesse pelo menos 13% do censo eleitoral de 34.899.945 cidadãos habilitados para votar, o que significa que precisava de 4.536.992 votos.