Mugabe completa 90 anos fora do Zimbábue

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, completa 90 anos em Singapura

Harare – O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, completa nesta sexta-feira 90 anos em Singapura e, pela primeira vez, comemorará seu aniversário fora do país, onde seus simpatizantes festejarão a longa vida do líder mais velho da África.

Mugabe, que em julho passado iniciou seu sétimo mandato e já governou o Zimbábue durante 34 anos, viajou para Singapura para operar cataratas no olho, segundo fontes oficiais.

O porta-voz do líder, George Charamba, disse nesta semana que Mugabe voltaria “a tempo” para a luxuosa festa de US$ 1 milhão organizada no próximo domingo em sua homenagem pelo partido governante, a União Nacional Africana do Zimbábue – Frente Patriótica (Zanu-PF), em Marondera, no leste do país.

Os veículos de comunicação públicos praticamente não mencionaram hoje a ausência do presidente na data tão lembrada nas canções de aniversário transmitidas pela emissora estatal “ZBC”.

O diário oficial “The Herald” traz ainda um suplemento de 20 páginas de anúncios comemorando o aniversário, muitos deles pagos por companhias estatais deficitárias.

Os rumores sobre o mau estado de saúde de Mugabe perseguiram o líder por anos, sobretudo por causa de um telegrama revelado pelo Wikileaks que revelou em 2011 que o veterano líder do Zanu-PF tem câncer de próstata.

Na conversa divulgada, o governador do Banco Central do Zimbábue, Gideon Gono, informava em 2008 ao então embaixador americano em Harare, James McGee, que Mugabe estava doente e teria mais cinco anos de vida.