México localiza corpos de músicos desaparecidos

Os 17 corpos que corresponderiam aos integrantes do Kombo Kolombia, desaparecidos desde sexta-feira, foram retirados de um poço de água e 14 deles foram identificados

Monterrey – Os 17 corpos que corresponderiam aos integrantes do grupo musical Kombo Kolombia, desaparecidos desde sexta-feira, foram retirados de um poço de água no norte do México e 14 deles foram identificados, informou a promotoria local.

Os corpos de 17 integrantes do grupo musical sequestrados na sexta-feira – 13 músicos e quatro técnicos – foram retirados de um poço no qual foram jogados por membros de um grupo criminoso, informou a promotoria de Nuevo León.

Dezoito integrantes do grupo Kombo Kolombia foram sequestrados na sexta-feira quando tocavam em uma festa no município de Hidalgo, no estado de Nuevo León (norte). Um dos músicos conseguiu escapar e informou as autoridades sobre o crime.

Os corpos, com marcas de tiros e tortura, foram encontrados em um poço em uma área abandonada no município de Mina, perto de Hidalgo, a 200 km de Monterrey, capital de Nuevo León.

Segundo uma fonte policial, uma das linhas de investigação é que o grupo poderia estar vinculado ao cartel de Los Zetas, um dos mais violentos do México.