Merkel é recebida com vaias em Dresden

Merkel, que visita a cidade durante uma festa nacional, pediu "respeito mútuo e aceitação de opiniões políticas divergentes"

A chanceler alemã, Angela Merkel, foi recebida com vaias nesta segunda-feira, em Dresden, berço de um movimento xenófobo e contrário ao islã.

Uma parte da multidão furiosa gritava e exibia cartazes com inscrições “Merkel vai embora”.

O presidente federal, Joachim Gauck, também foi vaiado ao chegar nesta cidade da Saxônia (leste) por simpatizantes do Pegida, movimento de organiza há dois anos manifestações contra refugiados e muçulmanos.

Merkel, que visita a cidade durante uma festa nacional, pediu “respeito mútuo e aceitação de opiniões políticas divergentes para resolver os problemas da Alemanha”.

Várias manifestações da extrema-direita e de movimentos de esquerda estão previstas em Dresden, por ocasião do 26º aniversário da Reunificação da Alemanha.