Menino de três anos mata com um tiro irmão de 6 nos EUA

O pai das duas crianças, Michael Santiago, foi preso e acusado de negligência pela morte do menino

Um menino de 6 anos morreu sábado em Chicago depois que seu irmão de 3 anos disparou quando eles brincavam de polícia e ladrão, informou a polícia.

O pai das duas crianças, Michael Santiago, foi preso e acusado de negligência pela morte do menino.

Santiago guardava a pistola carregada na geladeira da cozinha, de forma que estava acessível para os pequenos, explicou a polícia de Chicago (Illinois, norte dos Estados Unidos).

Os acidentes com armas de fogo que envolvem crianças são habituais nos Estados Unidos devido à proliferação de armas em todo o país.

Um terço das crianças americanas vivem em lares com ao menos uma arma e duas milhões delas vivem perto de uma arma sem segurança, de acordo com a organização Everytown for Gun Safety.

Há uma semana na Carolina do Sul (sudeste), uma menina de dois anos disparou em sua avó enquanto ela dirigia um carro. A pequena, que estava sentada no banco de trás, agarrou o revólver Magnum 357 que estava no bolso do assento de trás do motorista.

E no início de outubro em Tennessee (sul) uma menina de oito anos morreu baleada por seu vizinho de 11 anos. Os dois estavam discutindo por um cachorro.