Melania Trump é impedida de ir a evento por protestos do G20

Primeira-dama dos Estados Unidos foi convidada a participar hoje de um programa de atividades organizado por Joachim Sauer, o marido da chanceler alemã

Hamburgo – A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, foi temporariamente impedida de sair da residência na qual está hospedada em Hamburgo por conta dos protestos contra a realização da Cúpula do G20,.

“Por enquanto, não temos permissão de segurança para deixar o local”, explicou uma porta-voz da primeira-dama citada por meios alemães.

Melania Trump, como os outros acompanhantes dos líderes do G20, foi convidada a participar hoje de um programa de atividades organizado por Joachim Sauer, o marido da chanceler alemã, que lhes preparou uma excursão de barco no porto de Hamburgo e uma visita a um centro de investigação sobre o clima.

Os enfrentamentos entre a polícia e manifestantes contrários ao G20 (Grupo dos Vinte) começaram ontem durante a tarde e nesta manhã foram retomados, com tentativas de bloquear as chegadas dos líderes ao recinto em que é realizada a cúpula.

Segundo o jornal “Der Spiegel”, a Polícia de Hamburgo pediu reforços de soldados antidistúrbios de outras partes do país.