Mansão de Trump na Flórida é evacuada com chegada do Irma

A Trump Organization, empresa do presidente, também foi obrigada a fechar outras duas propriedades no estado

Miami – A luxuosa mansão de Mar-a-Lago, usada várias vezes pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, depois de tomar posse no cargo, foi evacuada nesta sexta-feira junto com o restante do condado de Palm Beach, no sudeste da Flórida, por causa da chegada do poderoso furacão Irma.

A Trump Organization, empresa do presidente, também foi obrigada a fechar outras duas propriedades no estado: o Trump International Golf Club, de West Palm Beach, e o Trump National Golf Club, de Júpiter. Clientes que tinham reservas feitas no Trump National Doral Miami, também na Flórida e de propriedade do republicano, foram pedidos para buscar alojamento fora do caminho do furacão.

“Nossas equipes nas nossas quatro priopriedades na Flórida estão tomando todas as precauções necessárias e seguindo os alertas das autoridades locais e estaduais para garantir que todos estejam a salvo e seguros”, disse um porta-voz da Trump Organization à emissora “CBS”.

Mar-a-Lago, onde o presidente passou boa parte dos fins de semana desde quando assumiu o cargo, é um clube social exclusivo situado perto do Oceano Atlântico e que sobreviveu a vários furacões desde sua construção, em 1920.

Trump e a primeira-dama, Melania, passarão o fim de semana na residência presidencial de Camp David, em Maryland, com os membros do governo e suas respectivas companheiras.

Eles devem acompanhar a evolução da chegada do Irma ao país e planejar como lidar com os desafios gerados pelo fenômeno.

Pelo Twitter, o presidente pediu aos americanos que saiam do caminho do furacão de “proporções épicas”. Trump também afirmou que o Irma “talvez seja o maior furacão da história do país”.

O governador da Flórida, Rick Scott, alertou que a maior parte do estado será atingida pelo Irma, um furacão de categoria 4 que chegará ao litoral americano na madrugada de domingo.

O Irma já deixou 18 mortos e provocou grandes danos materiais durante sua passagem pelas Pequenas Antilhas e Porto Rico.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s