Manifestantes entram em novo confronto com polícia francesa

Nove pessoas foram presas na segunda noite consecutiva de violência, que envolveu cerca de 200 manifestantes e 180 policiais na região de Val d'Oise

Paris – Multidões em fúria jogaram coquetéis molotov contra policiais e incendiaram carros em uma área ao norte de Paris durante a noite de quarta-feira, em protesto contra a morte de um jovem que estava sob custódia policial nesta semana, disse uma autoridade francesa.

Nove pessoas foram presas na segunda noite consecutiva de violência, que envolveu cerca de 200 manifestantes e 180 policiais na região de Val d’Oise, a cerca de 40 quilômetros de Paris, disse o diretor da prefeitura local, Jean-Simon Merandat.

Cerca de 15 carros e dezenas de lixeiras foram incendiados pelas multidões, que também jogaram um coquetel molotov em uma creche e contra um edifício da prefeitura, disse Merandat à rádio pública France Info.

Autoridades francesas não relacionaram as tensões na área ao ataque mortal na cidade de Nice na semana passada, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico.

Merandat disse à France Info que ninguém se feriu na segunda noite de confrontos. Na primeira noite, cinco policiais ficaram feridos após serem baleados por manifestantes.

Os protestos na área de Val d’Oise tiveram início na noite de terça-feira quando, de acordo com o vice-procurador François Capin-Dulhoste, um jovem de 24 anos morreu enquanto era levado pela polícia após ser preso.

Capin-Dulhoste disse que o homem sofreu um problema cardíaco quando era levado à delegacia, mas que a causa da morte ainda está sendo investigada.