Manifestantes derrubam estátua de Lênin na Ucrânia

Com a ajuda de um caminhão dos Correios, o monumento do líder da revolução bolchevique veio ao chão

Kiev – Centenas de manifestantes derrubaram na madrugada desta sexta-feira uma estátua do líder da revolução bolchevique e fundador do Estado soviético, Vladimir Lênin, instalada em uma praça central da cidade de Zhitomir, no noroeste da Ucrânia.

As primeiras tentativas dos manifestantes para derrubar a estátua, utilizando cabos de aço e a força dos braços, não deram certo e, apenas algumas horas depois, com a ajuda de um caminhão dos Correios, o monumento veio ao chão, informou o site de notícias local ‘Zhitomir.info’.

Uma vez que a estátua foi derrubada, os reunidos cantaram o hino nacional da Ucrânia, e depois começaram a despedaçar o monumento para levar alguns fragmentos do mesmo como lembrança.

A derrubada do monumento, erguido em 1971 quando Ucrânia fazia parte de extinta União Soviética, foi reivindicado pelo grupo ultranacionalista Pravyi Sektor, a facção mais radical da oposição ucraniana.

A polícia de Zhitomir, cidade de pouco mais de 280 mil habitantes, não interveio na ação dos manifestantes.

Agora já são cinco as estátuas de Lênin derrubadas no país desde que começaram os protestos populares contra a decisão do presidente da Ucrânia, Viktor Yanukovich, de não assinar um acordo de associação com a União Europeia.