Madonna critica Nicolás Maduro no Instagram

Madonna demonstrou assim seu apoio às manifestações contra o governo da Venezuela que estão acontecem desde 12 de fevereiro e que já deixaram seis mortos

Nova York –  A rainha do pop, Madonna, mirou nesta quinta-feira contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ao publicar uma foto no Instagram em que escreveu abaixo: “aparentemente, não está familiarizado com a expressão “direitos humanos””.

Madonna demonstrou assim seu apoio às manifestações contra o governo da Venezuela que estão acontecem desde 12 de fevereiro e que já deixaram seis mortos.

“O fascismo está vivo e florescendo na Venezuela e na Rússia. A Ucrânia não fica longe!”, acrescentou Madonna na legenda foto, finalizada por duas “hashtags”: #wakethefuckup (“acordem, p…” em tradução livre) e #revolutionoflove (“revolução do amor”).

Madonna esteve na semana passada em Nova York no concerto beneficente da Anistia Internacional apresentando as duas cantoras da banda russa Pussy Riot, dias antes de voltarem a ser detidas em Sochi, e a elas dedicou sua foto anterior no Instagram, na qual escreveu “está de piada?”.

Após anos tratada como uma “garota materialista”, Madonna tem se esforçado para ser levada a sério em sua faceta de artista comprometida, como através do documentário sobre o Malauí “I Am Because We Are” e sua participação em megashows como Live Earth, de apoio ao meio ambiente, ou o Live Aid, contra a pobreza.