Lula inicia radioterapia em tratamento contra câncer na laringe

Segundo boletim médico do Hospital Sírio-Libanês divulgado nesta tarde, Lula passou pela primeira sessão de radioterapia e por uma sessão ambulatorial de quimioterapia

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou nesta quarta-feira pela primeira sessão de radioterapia para tratar de um câncer na laringe diagnosticado em outubro do ano passado, informou o hospital em que o presidente faz o tratamento.

Segundo boletim médico do Hospital Sírio-Libanês divulgado nesta tarde, Lula passou pela primeira sessão de radioterapia e por uma sessão ambulatorial de quimioterapia. As sessões de radioterapia, de acordo com o hospital, serão realizadas diariamente de segunda a sexta-feira.

Essa é a segunda etapa do tratamento contra o câncer detectado em Lula. No ano passado, ele já havia passado por três sessões de quimioterapia e, de acordo com os médicos, exames mostraram que o tumor diminuiu 75 por cento, resultado considerado “extraordinário” e “excelente” pela equipe médica que cuida dele.

As expectativas dos médicos é de que o ex-presidente, de 66 anos, possa voltar às atividades normais em março. Se esse prazo se confirmar, Lula voltará à ativa a tempo de participar da campanha das eleições municipais deste ano.

Antes de ter a doença diagnosticada, o ex-presidente já havia dito que pretendia ter papel relevante na disputa, viajando o país para fazer campanha para candidatos do PT e de partidos que compõem a base aliada da presidente Dilma Rousseff.