Lula envia mensagem de apoio à presidente da Argentina

Cristina Kirchner foi submetida a uma cirurgia para retirar um tumor cancerígeno na tireoide

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou nesta quarta-feira uma mensagem de apoio à presidente da Argentina, Cristina Kirchner, que foi submetida a uma cirurgia para retirar um tumor cancerígeno na tireoide.

Cristina passou por uma cirurgia de três horas e meia nesta quarta-feira para a retirada total da glândula e, segundo o porta-voz do governo argentino, Alfredo Scoccimarro, o procedimento foi realizado sem qualquer complicação e a mandatária apresenta boa recuperação pós-operatória.

“Recebi com muita alegria a notícia de que tudo correu bem na sua cirurgia nesta quarta-feira. Tenho acompanhado a sua atitude de muita coragem diante de mais esse desafio que você está enfrentando”, afirmou Lula na carta divulgada pelo Instituto Cidadania, idealizado por ele.

Cristina, de 58 anos, começou no mês passado o seu segundo mandato de quatro anos, e permanecerá internada por 72 horas no hospital que fica em Pilar, perto de Buenos Aires. Ela ficará afastada até 24 de janeiro.

O governo argentino anunciou na semana passada que a presidente fora diagnosticada com carcinoma papilar da tireoide, identificado durante um check-up médico de rotina antes do Natal. Médicos disseram que ela tem mais de 90 por cento de chances de se recuperar.

Lula, que também luta contra um câncer, fez nesta quarta-feira em São Paulo a primeira sessão de radioterapia e uma sessão ambulatorial de quimioterapia para tratar um tumor na laringe diagnosticado em outubro do ano passado.

Essa é a segunda etapa do tratamento contra o câncer detectado em Lula. Em 2010, ele já havia passado por três sessões de quimioterapia e, de acordo com os médicos, exames mostraram que o tumor diminuiu 75 por cento, resultado considerado “extraordinário” pela equipe médica que cuida dele.

“Tenha certeza que estamos juntos, e que em breve vamos nos reencontrar, ambos com saúde, e você, como sempre, cheia de energia e disposição para continuar a representar tão bem o povo argentino. Força Cristina!”, escreveu Lula na mensagem.

Lula e Cristina se juntam ao time de líderes latino-americanos que receberam tratamento contra o câncer recentemente, como o presidente da Venezuela, Hugo Chávez; do Paraguai, Fernando Lugo; e do Brasil, Dilma Rousseff.