Legisladores pedem que Trump derrube veto a países muçulmanos

Os mais de 100 congressistas democratas fizeram seu pedido em carta dirigida ao secretário de Segurança Nacional (DHS), John Kelly

Washington – Mais de cem legisladores democratas da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pediram nesta quinta-feira ao presidente Donald Trump que derrube “imediatamente” o decreto que suspende temporariamente a entrada ao país de refugiados e cidadãos de sete países de maioria muçulmana.

Os congressistas fizeram seu pedido em carta dirigida ao secretário de Segurança Nacional (DHS), John Kelly.

“Esperamos que o senhor inste o presidente a rescindir imediatamente sua ordem executiva, que criou profundo caos e medo entre os refugiados e imigrantes que foram admitidos nos Estados Unidos, assim como entre suas famílias”, afirmam os legisladores em sua carta.

“Como uma nação de imigrantes, este foi o refúgio das pessoas de todo o mundo que fugiam da perseguição. Estas ações são o contrário do que somos como nação”, acrescentaram.

Em sua carta, os legisladores também pediram a Kelly que lhes repasse com “urgência” todos os detalhes da ordem executiva de Trump porque disso depende “a vida e o bem-estar de muitos indivíduos e as alianças com governos estrangeiros para combater o terrorismo”.

A controvertida ordem de Trump suspende durante 120 dias o programa de amparada de refugiados dos Estados Unidos e detém durante 90 dias a emissão de vistos para cidadãos de sete países de maioria muçulmana: Líbia, Sudão, Somália, Síria, Iraque, Irã e Iêmen.

A iniciativa gerou uma grande controvérsia e rejeição dentro e fora dos Estados Unidos.