Le Pen é eleita pela primeira vez como deputada na França

Nacionalista francesa foi derrotada na eleição para o Executivo, quando concorreu à presidência contra Emmanuel Macron

Paris – A líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, foi eleita neste domingo, pela primeira vez, como deputada na Assembleia Nacional da França, após ter vencido no segundo turno a eleição em sua circunscrição no norte do país.

Derrotada nas eleições presidenciais de maio por Emmanuel Macron, Le Pen anunciou que seu partido terá pelo menos seis deputados na Assembleia Nacional. Antes, a Frente Nacional possuía apenas duas cadeiras no parlamento francês.

Segundo as projeções de boca de urna, o partido de Le Pen pode obter até nove cadeiras, o que transformaria a Frente Nacional na quinta força parlamentar. A Republica em Marcha, liderada por Macron, deve obter uma ampla maioria na Assembleia Nacional.

Le Pen afirmou que os outros partidos já mostraram disposição em trabalhar com o presidente, o que torna a Frente Nacional a única força de resistência ao governo de Macron.

“Combateremos com todas as nossas forças os projetos do governo criados em Bruxelas”, afirmou Le Pen, que até então representava a França na Eurocâmara.

A líder ultradireitista estabeleceu como principais campos de batalha a alta de impostos, a política migratória e os tratados internacionais de livre comércio. Le Pen disse que, apesar da maioria absoluta no parlamento, as ideias do presidente são minoritárias no país e que os franceses não as apoiarão.

“Estaremos aqui, amanhã mais fortes do que hoje, para defender a França e propor à nação um projeto de futuro”, concluiu Le Pen.