Laço entre EUA e Rússia depende da oposição síria, diz diplomata

Diplomata se pronunciou depois do secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson ter tido suas primeiras conversas com países contrários ao líder sírio

Bonn – O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, disse a nações que se opõem ao presidente da Síria, Bashar al-Assad, que os EUA não irão cooperar militarmente com a Rússia até que os russos parem de rotular todos os adversários de Assad de terroristas, disse um diplomata ocidental nesta sexta-feira.

“Na discussão, ele deixou claro que não irá haver cooperação militar até que os russos aceitem que nem toda a oposição é de terroristas”, contou.

O diplomata se pronunciou depois de Tillerson ter tido suas primeiras conversas com países contrários ao líder sírio, entre eles Arábia Saudita, Turquia, França e Reino Unido.