Kerry promete apoio dos EUA ao Tajiquistão e Turcomenistão

Kerry, que está prestes a terminar um giro por cinco países da Ásia Central, reuniu-se com o presidente do Tajiquistão no palácio presidencial de Dushanbe

O secretário de Estado americano, John Kerry, visitou nesta terça-feira as ex-repúblicas soviéticas do Tajiquistão e Turcomenistão, e prometeu a seus líderes o apoio de Washington para garantir a segurança das suas fronteiras com o Afeganistão.

Kerry, que está prestes a terminar um giro por cinco países da Ásia Central, reuniu-se com o presidente do Tajiquistão, Emomali Rakhmon, no palácio presidencial de Dushanbe, e prometeu apoio para enfrentar a instabilidade ao longo da fronteira com o Afeganistão.

“Insisto no compromisso dos Estados Unidos de continuar a trabalhar com o Tajiquistão e outros países da região para reforçar a segurança das fronteiras”, declarou Kerry antes de voar para o Turcomenistão.

O Tajiquistão tem uma fronteira 1.300 km com o Afeganistão, um dos países mais instáveis ​​e violentos da região.

No Turcomenistão, um país rico em recursos energéticos que também compartilha uma fronteira com o Afeganistão, ele se reuniu com o presidente Gurbanguly Berdymukhamedov no palácio presidencial.

O secretário de Estado agradeceu Berdymukhamedov por realizar um programa de “cooperação econômica” que inclui “direitos humanos, segurança e estabilidade”.