John McCain anunciará seu apoio a Romney na corrida presidencial

Candidato derrotado por Obama em 2008 vai apoiar Romney na disputa pela vaga republicana para enfrentar o presidente americano, disse a CNN

Washington – Após a apertada vitória em Iowa, o ex-governador de Massachusetts, Mitt Romney, ganhará nesta quarta-feira um novo impulso com o respaldo do senador John McCain, que em 2008 arrebatou a candidatura republicana à Presidência dos Estados Unidos.

McCain planeja divulgar hoje seu apoio ao pré-candidato republicano na corrida à Casa Branca, confirmaram à emissora ‘CNN’ fontes próximas ao senador pelo Arizona.

O legislador se deslocará até New Hampshire para anunciar que votará em Romney e viajará com ele em seu ônibus de campanha pelo estado, que será o próximo a receber as assembleias primárias, no dia 10 de janeiro.

Em 2008, a vitória de McCain exatamente em New Hampshire diminuiu consideravelmente as opções de Romney de conseguir a nomeação republicana, e o senador também conseguiu impor-se no estado em 2000, vencendo inclusive George W. Bush, que, no entanto, terminou sendo presidente.

Seu apoio representará, portanto, um impulso considerável para a campanha de Romney, que venceu as primárias de Iowa por uma vantagem de apenas 8 votos sobre o ex-senador Rick Santorum e que, em nível nacional, é considerado o grande favorito da disputa.

Romney acumulará assim o apoio de três dos quatro candidatos republicanos ainda vivos: McCain, o ex-presidente George H. Bush, e Bob Dole, que perdeu as eleições de 1996 contra Bill Clinton; faltando apenas que George W. Bush se decida por um candidato.

O governador por Massachusetts também obteve em outubro o apoio do governador de Nova Jersey, Chris Christie, uma importante força ideológica do partido a quem muitos encorajaram a concorrer à Presidência.

Além disso, conseguiu o apoio de dois legisladores republicanos por New Hampshire, a senadora Kelly Ayotte e o congressista Charlie Bass, o que lhe promete boas opções no estado.