Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,11%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,84% 63.817 pts
Pontos 63.817
Variação 1,84%
Maior Alta 6,68% SMLE3
Maior Baixa -3,53% MRFG3
Última atualização 24/05/2017 - 14:14 FONTE

John Kelly é designado para Segurança Interna de Trump

Trump o considera "a pessoa indicada para realizar a urgente missão de frear a imigração ilegal e manter a segurança de nossas fronteiras"

O general da reserva John Kelly, designado nesta segunda-feira à chefia do Departamento de Segurança Interna, irá se tornar o terceiro militar a integrar o gabinete do futuro presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Este ex-marine de 66 anos é “a pessoa indicada para realizar a urgente missão de frear a imigração ilegal e manter a segurança de nossas fronteiras”, considerou o presidente eleito em um comunicado.

Kelly deverá garantir o controle das fronteiras externas dos Estados Unidos, a imigração e as naturalizações e estará a cargo da segurança interna.

“O povo americano votou nesta eleição a favor de frear o terrorismo, recuperar a soberania de nossas fronteiras e colocar fim à atitude politicamente correta que regeu durante muito tempo nossa visão da segurança nacional”, disse Kelly, citado no comunicado.

Trump já havia designado outros dois generais da reserva para seu gabinete. Michael Flynn foi nomeado assessor de Segurança Nacional, um cargo chave na elaboração da política externa e de defesa dos Estados Unidos, enquanto James Mattis, outro ex-marine, assumirá a condução do Departamento de Defesa.

Mattis será o primeiro general a dirigir o Pentágono depois de George Marshall, nomeado em 1950 pelo presidente Harry Truman.