Japão vai sofrer prejuízo econômico de US$171 bilhões

Perdas pelo terremoto de sexta-feira serão provavelmente menores por causa de um menor número de prédios de escritórios e instalações comerciais nas regiões atingidas

Tóquio – As perdas econômicas nas regiões do Japão que foram atingidas pelo grande terremoto vão somar cerca de 14 trilhões a 15 trilhões de ienes (171 bilhões a 183 bilhões de dólares), segundo informações disponíveis nesta segunda-feira, afirmou o Credit Suisse, em relatório.

O economista-chefe do banco, Hiromichi Shirakawa, informou que prejuízos na região nordeste do Japão serão “um pouco menos que 40 por cento” dos 40 trilhões de ienes em perdas econômicas totais registradas no terremoto de Kobe, em 1995.

Shirakawa informou que as perdas pelo terremoto de sexta-feira serão provavelmente menores por causa de um menor número de prédios de escritórios, instalações comerciais e estradas afetadas nas regiões atingidas.

O analista afirma ainda que não houve relatos de grandes desmoronamentos em grandes instalações de indústrias.