Japão tem 100 mil crianças desabrigadas, diz ONG

Segundo a ONG Save the Children, experiência pode ser traumática para as crianças

Londres – O tremor de terra, seguido do tsunami devastador, no Japão, deixou cerca de 100.000 crianças sem suas casas, estimou nesta segunda-feira, em comunicado, Stephen McDonald, que dirige em Tóquio a ONG Save the Children, com sede no Reino Unido.

“Suas casas foram destruídas e muitas delas estão em abrigos, uma experiência que deve ser terrível para os pequenos”, acrescentou.

A Save the Children tenta recolher um milhão de libras (1,16 milhão de euros) para financiar as operações de socorro no nordeste do arquipélago.

O desastre, que pode ter mais de 10.000 mortos, ameaça tornar-se uma crise nuclear. Duas explosões numa usina motivaram a retirada de milhares de moradores das áreas próximas.