Japão recebe equipes de assistência de 15 países

As maiores equipes foram enviadas pelos Estados Unidos (que deslocou 148 especialistas), França, Coreia do Sul e Austrália

Genebvra – O Governo japonês aceitou a assistência de 15 países – de um total de 91 que lhe ofereceram ajuda – que enviaram pessoal médico e equipes de busca e resgate de vítimas do terremoto em zonas urbanas, informou nesta segunda-feira o Escritório de Ajuda Humanitária da ONU (Ocha).

Em seu relatório diário sobre a situação no Japão, a entidade do sistema ONU assinala também que as maiores equipes foram enviadas pelos Estados Unidos (que deslocou 148 especialistas), França, Coreia do Sul e Austrália.

A Ocha indicou que os centros de ajuda para receber a população evacuada das zonas afetadas pelo terremoto e posterior tsunami sofrem problemas de escassez de água potável, alimentos, cobertores e instalações sanitárias. Segundo a entidade, o Governo japonês está tentando resolver essas necessidades.

De maneira mais geral, o acesso à água “é uma preocupação” por sua contaminação e salinidade, acrescentou o relatório da Ocha.

O organismo da ONU indicou que 1,4 milhão de lares em 14 cidades não têm acesso a água, segundo dados do Ministério de Saúde do Japão.