Japão em alerta máximo antes da passagem do tufão Neoguri

Agência meteorológica japonesa emitiu alerta máximo pelo tufão Neoguri, e informou sobre possibilidade de ventos violentos e ondas gigantes

Tóquio – A agência meteorológica japonesa emitiu alerta máximo pelo tufão Neoguri, que se aproxima da ilha de Okinawa, e informou sobre a possibilidade de ventos extremamente violentos e ondas gigantes.

O alerta máximo é divulgado apenas em caso de risco de mortes e grandes danos materiais.

O Neoguri seguia nesta segunda-feira no sentido do arquipélago do sul do Japão com ventos de até 260 km/h e que devem atingir a ilha de Okinawa na manhã de terça-feira.

A agência recomendou aos habitantes da ilha que permaneçam em casa e evitem os deslocamentos considerados desnecessários.

Um funcionário da agência alertou que o tufão pode registrar uma força inédita.

“Temos que estar preparados para uma retirada”, advertiu.

“É um dos tufões mais violentos em 15 anos. Calculamos que chegará na manhã de terça-feira”, disse o comandante americano James Hecker, citado em um comunicado.

A região de Okinawa é cenário frequente de tufões, mas os fenômenos não costumam ser tão fortes ou acontecer tão cedo na temporada.

A agência não descarta que o fenômeno, que se desloca a uma velocidade de 25 km/h, também alcance uma das quatro principais ilhas do arquipélago nipônico, mas com menos força depois de uma guinada no sentido leste.