Israel pode ter ordenado demolir bairro árabe em Jerusalém

Segundo agência de notícias, as autoridades israelenses consideram que as casas foram construídas sem as permissões exigidas

Jerusalém – A agência palestina de notícias ‘Ma’an’ informou nesta quarta-feira que as autoridades israelenses entregaram ordens de demolição a toda a vila de Fuheidat, situado no território palestino ocupado de Jerusalém Oriental.

As autoridades israelenses consideram que as casas foram construídas sem as permissões exigidas e ordenaram aos proprietários sua demolição antes de 17 de fevereiro, afirma a agência.

Segundo o órgão de comunicação, cerca de 200 palestinos vivem no bairro de Fuheidat, a nordeste da cidade de Anata e perto da base militar israelense de Ananot.

A Agência Efe não conseguiu confirmar a emissão de ordens de demolição com a prefeitura de Jerusalém, encarregada de realizar esse tipo de trâmites onde Israel considera parte da cidade, embora para os palestinos e para a comunidade internacional a parte oriental seja território ocupado.