Israel ataca comboio na fronteira sírio-libanesa

Israel ameaçou em várias ocasiões atacar comboios que pudessem transportar armas químicas ou de outros tipos em direção ao Líbano

Nicõsia – A aviação israelense atacou na terça-feira à noite um comboio com armas procedente da Síria na fronteira sírio-libanesa, afirmaram fontes dos serviços de segurança.

No domingo, o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, advertiu sobre “importantes ameaças de segurança contra Israel”, citando o Irã e “armas letais em uma Síria que está se desintegrando”.

As fontes de segurança, que pediram o anonimato, não informaram o local exato do ataque. Uma delas disse que se tratava de um “comboio armado em direção ao Líbano”.

Consultada pela AFP, uma porta-voz militar israelense negou-se a fazer comentários a respeito.

Por outro lado, o exército libanês assegurou que a aviação israelense havia sobrevoado intensamente seu território e que 16 aviões de combate entraram no espaço aéreo libanês na terça-feira.

Israel ameaçou em várias ocasiões atacar comboios que pudessem transportar armas químicas ou de outros tipos em direção ao Líbano para o Hezbollah xiita libanês, um movimento islamita próximo a Damasco.