Irã desmente informação sobre abastecimento de aviões

Ministro das Relações Exteriores iraniano ressaltou que os países envolvidos na especulação também negaram a recusa

Teerã – A informação sobre a recusa a reabastecer os aviões iranianos em certos países europeus e nos Emirados Árabes Unidos, em um contexto de sanções contra o programa nuclear de Teerã, é falsa, afirmou o ministro iraniano das Relações Exteriores.

“Esta informação é falsa. (Os países envolvidos) Afirmaram oficialmente que não existem tais restrições sobre o reabastecimento dos aviões civis iranianos¨, declarou o porta-voz do ministro, Ramin Mehmanparast, durante o encontro semanal com a imprensa.

Na segunda-feira, um diretor da Asssociação de Companhias Aéreas Iranianas afirmou que os aeroportos da Alemanha, Grã-Bretanha e dos Emirados se recusavam a abastecer os aviões após as sanções americanas para pressionar o país a respeito do controverso programa nuclear de Teerã.

Londres, Berlim e Dubai já haviam desmentido a informação.

“O reabastecimento de nossos aviões continua e penso que difundir tais informações falsas faz parte da guerra psicológica contra a nação iraniana”, acrescentou Mehmanparast.