Integrantes do coro do Exército russo estavam em avião que caiu

Artistas iriam participar das festividades de Ano Novo na base aérea síria de Khmeimim

Moscou – O Ministério da Defesa da Rússia informou que no avião Tu-154 que caiu neste domingo (25) nas águas do Mar Negro quando se dirigia à Síria viajavam 64 integrantes do mundialmente conhecido coro e conjunto de dança Alexandrov, do Exército russo.

Os artistas iriam participar das festividades de Ano Novo na base aérea síria de Khmeimim, onde a Rússia tem desdobrado um agrupamento de aviões de guerra.

“Eu também devia ter voado à Síria, mas há poucos dias minha filha adoeceu e pedi licença médica para atendê-la”, disse à agência “Interfax” Sergei Jlapnikov, integrante do afamado coletivo artístico militar.

Jlapnikov disse que no avião acidentado estavam seguramente só membros do coro e do conjunto de dança, porque a apresentação na Síria não contemplava a participação da orquestra.

Além dos artistas do Alexandrov, viajavam à Síria militares, nove jornalistas e a presidente da fundação “Ajuda Justa”, a médica Elizaveta Glinka, uma conhecida filantropa russa que acompanhava uma carga humanitária destinada a um hospital sírio.