Hong Kong registra primeira morte de humano por gripe aviária

Na semana passada, Hong Kong informou o primeiro caso de ser humano infectado com gripe aviária nesta temporada

Hong Kong – Um idoso de Hong Kong morreu no domingo de Natal por causa de gripe aviária, disse o governo nesta terça-feira, no primeiro caso de um humano infectado com a doença na cidade neste inverno.

O Centro de Proteção à Saúde, do governo, disse que o homem de 75 anos foi diagnosticado com a variável H7N9 do vírus.

Na semana passada, Hong Kong informou o primeiro caso de ser humano infectado com gripe aviária nesta temporada, após o homem ter viajado recentemente para a China.

A preocupação com a doença é grande na Ásia. A Coreia do Sul e o Japão ordenaram mais abates de aves domésticas no fim da semana passada para conter o surto de diferentes variedades do vírus, tendo já abatido dezenas de milhões de aves no último mês.

Hong Kong, antiga colônia britânica que retornou para o controle da China em 1997, tem enfrentado casos esporádicos de gripe aviária em humanos desde que o primeiro surto matou seis pessoas naquele mesmo ano.