Dólar R$ 3,28 0,12%
Euro R$ 3,67 0,13%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,05% 63.227 pts
Pontos 63.227
Variação -0,05%
Maior Alta 22,54% JBSS3
Maior Baixa -4,09% CYRE3
Última atualização 25/05/2017 - 17:21 FONTE

Hollande presta homenagem a Renzi por orientação ao crescimento

Hollande "toma nota com respeito" da decisão de Renzi de renunciar após o revés no referendo para a reforma institucional realizado ontem

Paris – O presidente francês, François Hollande, prestou uma homenagem nesta segunda-feira à ação do primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, após o fracasso do referendo no país, e insistiu que compartilha com ele “sua vontade de orientar a Europa rumo ao crescimento e o emprego”.

Em comunicado publicado pelo Eliseu, Hollande “toma nota com respeito” da decisão de Renzi de renunciar como presidente do Conselho de Ministros italiano após o revés no referendo para a reforma institucional realizado ontem.

O francês elogiou “dinamismo” do chefe do governo italiano desde fevereiro de 2014, e também “suas qualidades postas ao serviço de reformas valentes para seu país”.

O chefe do Estado francês disse compartilhar com Renzi “sua vontade de orientar a Europa rumo ao crescimento e o emprego” e considerou que foi “um ator comprometido de uma relação franco-italiana forte”.

Neste novo contexto de incerteza, Hollande manifestou sua “simpatia” pelo primeiro-ministro e afirmou que a Itália encontrará por si mesma a forma para “superar esta situação”.

O porta-voz do governo francês, Stéphane Le Foll, reconheceu que a recusa dos eleitores à reforma proposta por Renzi, e seu conseguinte anúncio de renunciar, “é possivelmente algo que pode ter consequências, em primeiro lugar na Itália”.

Le Foll, em entrevista à emissora de rádio “”France Info””, reconheceu que esta nova situação “debilita” e julgou que como “frequentemente” o que ocorre quando é convocado um referendo: os eleitores não respondem ao que é perguntado diretamente, mas outra coisa.