Hollande diz que Estado Islâmico mobiliza 40 mil terroristas

Deles, 10 mil são estrangeiros, disse o presidente francês

Davos – O presidente da França, François Hollande, afirmou nesta sexta-feira em Davos, na Suíça, que o grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que considerou “heróis” os autores dos recentes atentados em Paris, mobiliza 40 mil terroristas, dos quais 10 mil são estrangeiros.

Em discurso no Fórum Econômico Mundial de Davos, Hollande fez um pedido para a comunidade internacional assumir a responsabilidade de resolver os conflitos armados, como os que estão acontecendo no Iraque, Síria e Líbia, e dos quais o terrorismo se alimenta.

“Digo aqui, claramente, que todos os países do mundo são suscetíveis de serem atacados pelo terrorismo. Muitos já foram, outros temem, mas todos devem se preparar. Nosso principal dever é a lucidez”, afirmou.