Hillary diz que reabertura de investigação não gerará acusação

Hillary também disse ser "imperativo" que o diretor do FBI, James Comey, explique o conteúdo dos novos e-mails

Washington – A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, se mostrou confiante que a reabertura da investigação do FBI sobre o uso de um servidor privado de e-mail quando a ex-primeira-dama atuou como secretária de Estado do país (2009-2013) não modificiará a decisão inicial de não recomendar acusação alguma contra ela.

Hillary também disse ser “imperativo” que o diretor do FBI, James Comey, explique o conteúdo dos novos e-mails que motivaram a reabertura da investigação.