Guerra na Síria é culpa de conflito Rússia-EUA, diz Assad

Segundo Assad, "Moscou quer lutar contra o terrorismo" enquanto, para os EUA, "o terrorismo é uma máscara guardada na manga"

Moscou – O presidente da Síria, Bashar al-Assad, afirmou, em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal “Komsomolskaya Pravda”, que a guerra que vive seu país é o resultado das diferenças entre Rússia e Estados Unidos sobre a questão do terrorismo.

“Moscou quer lutar contra o terrorismo não só pela Síria ou pela Rússia, mas por toda a região, pela Europa e por todo o mundo”, disse Assad, acrescentando que para os EUA, no entanto, “o terrorismo é uma máscara guardada na manga e é sacada quando é preciso”.

Para o líder sírio, na atualidade “se observa uma Guerra Fria se desenvolvendo” e “o cheiro de (uma terceira) guerra (mundial) se sente no ar, mas até agora não há nenhum confronto militar direto”, afirmou.