Dólar R$ 3,28 0,59%
Euro R$ 3,66 -0,14%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,25% 62.441 pts
Pontos 62.441
Variação 1,25%
Maior Alta 5,07% CMIG4
Maior Baixa -7,19% JBSS3
Última atualização 23/05/2017 - 11:26 FONTE

Grupo mata 14 civis que saíam de Aleppo, diz agência turca

Por causa deste ataque a operação de evacuação, que já conseguiu resgatar 7.500 civis de Aleppo e levá-los para Idlib, ficou suspensa

Istambul – Ao todo, 14 civis que tentavam sair de Aleppo morreram nesta sexta-feira atingidos por um grupo armado estrangeiro que tinha tomado 800 pessoas que tratavam sair de Aleppo em um comboio como reféns, afirmou a agência turca “Anadolu”.

Um “grupo de terrorista estrangeiro aliado ao regime sírio” abriu fogo contra o comboio, matando 14 pessoas e tomando como reféns os outros, afirma agência.

Os demais foram liberados e retornaram aos bairros do leste de Aleppo, controlado por grupos armados rebeldes e sitiados pelo regime.

A agência já tinha informado que a milícia que tinha atacado o comboio era comandada por um general do corpo de elite dos Guardiões da Revolução do Irã, que apoiam o presidente Assad.

Por causa deste ataque a operação de evacuação, que já conseguiu resgatar 7.500 civis de Aleppo e levá-los para Idlib, ficou suspensa. O motivo do ataque ainda não foi esclarecido, segundo a “Anadolu”.