Grupo Internacional de Apoio à Síria fará reunião em Viena

Moscou e Washington prometeram na segunda-feira redobrar os esforços para encontrar uma solução política ao conflito sírio

O Grupo Internacional de Apoio à Síria (GIAS), copresidido pela Rússia e pelos Estados Unidos, se reunirá no dia 17 de maio em Viena, anunciou nesta terça-feira a diplomacia russa.

“Está previsto”, respondeu a porta-voz da diplomacia russa, Maria Zakharova, em resposta a uma pergunta da AFP sobre uma reunião do GIAS (17 países e três organizações multilaterais) no dia 17 de maio em Viena e a participação do chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov.

Moscou e Washington prometeram na segunda-feira redobrar os esforços para encontrar uma solução política ao conflito sírio.

A Rússia se comprometeu a pressionar Damasco para que limite seus bombardeios, e os Estados Unidos, por sua vez, prometeram aumentar o apoio aos seus aliados regionais para ajudá-los a impedir a circulação de combatentes, armas ou meios de apoio financeiro às organizações terroristas através de suas fronteiras, segundo uma declaração comum publicada na segunda-feira.

O GIAS nasceu no outono de 2015 em Viena e é composto por 17 países e três organizações multilaterais.

O grupo inclui Irã, Arábia Saudita e as potências europeias, e conseguiu entrar em consenso sobre um mapa do caminho para uma solução política e diplomática do conflito, validada em dezembro mediante uma resolução do Conselho de Segurança da ONU.