Grupo de monitoramento da trégua na Síria se reunirá em Astana

Esta será a primeira reunião técnica entre a ONU e os três países fiadores do cessar-fogo após as negociações do final de janeiro

Moscou – O grupo operacional para o monitoramento do cessar-fogo na Síria, integrado por especialistas de Rússia, Turquia, Irã e da ONU, se reunirá na próxima segunda-feira em Astana, no Cazaquistão, anunciou hoje o Ministério da Defesa russo.

Esta será a primeira reunião técnica entre a ONU e os três países fiadores do cessar-fogo após as negociações realizadas no final de janeiro na capital cazaque entre representantes do governo de Damasco e os grupos armados da oposição síria.

“As reuniões do grupo operacional para a Síria em Astana terão um caráter regular e contarão com representantes do governo da Síria e da oposição armada”, explicou em comunicado o Ministério da Defesa russo.

O objetivo dessa primeira reunião é “elaborar as medidas para o controle e prevenção das violações do cessar-fogo, o aumento da confiança entre as autoridades sírias e a oposição, e o tratamento de assuntos humanitários”, acrescentou.

O encontro também servirá, segundo a pasta, para abordar “a separação entre as unidades da oposição moderada e do grupo terrorista Frente al Nusra, algo que os países fiadores do cessar-fogo veem como seu objetivo mais importante”.