Governo quer criar RioCard para a Rio+20

Cartão seria para facilitar o transporte dos cerca de 50 mil participantes da conferência

São Paulo – Em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira, 29/03, Laudemar Aguiar, secretário do Comitê Nacional de Organização da Rio+20, anunciou a intenção do governo de criar um RioCard para facilitar o transporte dos cerca de 50 mil participantes que estão credenciados para a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável.

O objetivo do cartão é baratear o preço do transporte para aqueles que usarão metrô, ônibus e barcas para chegar aos locais onde acontecerão os debates e exposições do evento. Além disso, o governo se comprometeu a instalar bicicletários em todos esses lugares e aumentar a frota de bikes públicas da cidade do Rio de Janeiro.

Já os mais de cem chefes de Estado que estão sendo esperados para a Conferência se locomoverão pela capital fluminense em comboios especiais, que estão sendo organizados pelo governo para que impacte o mínimo possível o trânsito da cidade.

De acordo com Laudemar Aguiar, os detalhes dessas medidas relacionadas à organização do evento ainda serão definidos em discussões posteriores.